Qual a melhor opção: Franchising/ Franquia ou licenciamento?

Bem vindo de volta, meu caro visionário empreendedor! Pelo título, você já sabe o que esperar de nossa conversa de hoje, não é mesmo?! A pergunta do dia é: franquia ou licenciamento?

Ambos são modelos de negócio que permitem a um terceiro o uso de uma marca em seu negócio, porém existem grandes diferenças entre eles, e são exatamente essas diferenças que vão determinar qual é o ideal para você.

Ou seja, de uma forma geral, é de suma importância que você entenda essas diferenças entre os dois modelos para que não sofra com futuras frustrações (o que, claramente, não queremos, não é mesmo?).

Se você já havia dado uma pesquisada sobre os modelos, sabe que, juridicamente, ambos os formatos de negócio cedam a terceiros, mediante pagamento, o direito de uso de marca – e as similaridades acabam aqui.

Introdução longa, não é mesmo?! Quer entender um pouco mais? Então, continue lendo!

Sobre o Franchising /Franquias

Regida pela lei de franquias 8.955 de 15/12/1994, a franchising é um modelo de negócio que permite ao empreendedor interessado ser “dono” da marca em uma determinada região.

Tendo o franqueado, além do direito do uso da marca, o direito de receber treinamento, suporte e tecnologia da empresa franqueada. Como obrigação, o empreendedor franqueado paga mensalmente royalties à franqueadora.

Segundo o texto da lei de franquias, uma franquia é:

“Sistema pelo qual um franqueador cede ao franqueado o direito de uso de marca ou patente, associado ao direito de distribuição exclusiva ou semiexclusiva de produtos ou serviços e, eventualmente, também ao direito de uso de tecnologia de implantação e administração de negócio ou sistema operacional desenvolvidos ou detidos pelo franqueador, mediante remuneração direta ou indireta, sem que, no entanto, fique caracterizado vínculo empregatício.”

Ou seja, ao optar por uma franquia como modelo de negócio, o empreendedor, por lei tem acesso a:

  1. Uso da marca: o empreendedor utiliza a marca franqueada para potencializar e dar credibilidade ao negócio, porém, há limitações postas em contrato. Por exemplo, a maioria das franqueadoras proíbe a alteração do logo, outras determinam um padrão de qualidade, estética e até mesmo de arquitetura.
  2. Transferência de know-how: Uma das principais vantagens e direito do franqueado é ter acesso a metodologia já testada e validada pela franqueadora.

No processo é previsto treinamento do empreendedor, informações de mercado e principalmente a disposição de suporte especializado para destravar o potencial do novo negócio.

Temos muitos modelos de franquia conhecidos, dentre eles, os famosos “O Boticário” e “Mc Donalds”.

Sobre o Licenciamento de Marca

De maneira prática, o licenciamento é a cessão do uso de direito de uma marca ou mesmo personagem a um produto ou serviço. Por exemplo, utilizar a imagem do Batman para vender carros, com o intuito de demonstrar como os veículos são bons.

Juridicamente, o contrato de licenciamento de marca não transfere qualquer outro direito ao licenciado, ou seja, ao contrário da franchising, o licenciamento não comporta a transferência de tecnologia, know-how ou de propriedade intelectual da empresa licenciadora. Sendo restrito a apenas a licença de uso da marca.

Importante destacar que uma marca só pode licenciar sua cessão se estiver devidamente registrada no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial).

Em resumo, então, no licenciamento o empreendedor adquiri apenas a licença para comercialização de produtos que tenham o nome da marca.

Nesse caso o empreendedor tem toda autonomia para gerir o negócio, toda a gestão do negócio fica por sua conta e possui pouco suporte.

Até aqui, estamos bem claros sobre os dois modelos?

Vamos entender um pouco mais as diferenças entre franquia ou licenciamento

Em resumo, apostar em uma franquia ou em uma marca licenciada, vai depender do seu objetivo como empreendedor, se você pretende apenas “representar” ou vender alguma marca, o licenciamento é a opção ideal, por outro lado, se você pretende empreender e ser dono do próprio negócio, uma franquia é a melhor opção, compare:

FRANQUIA LICENCIAMENTO
Status de dono da marca pelo período de vigência de contrato de franquia Licença de uso da marca pelo período de vigência de contrato
Transferência de know-how, acesso a treinamentos, tecnologia, manuais, suporte técnico e a COF Pouco suporte ao licenciado
Autonomia de gestão limitada, pois há um padrão, testado e validado, a ser seguido Autonomia de gestão do negócio, o licenciado deve apenas atentar para as cláusulas de uso da marca postas em contrato
Pagamento de taxa de franquia e royalties Pagamento de royalties
Plano de marketing estruturado com orientações e, em alguns casos, com coparticipação da franqueadora e liberdade de gestão em redes sociais Plano de marketing é de responsabilidade exclusiva do licenciado
Participação de grupos com empreendedores já experientes com a marca. Transferência do uso da marca
Contrato validado pela lei de Franquias, com período de 5 anos. Contrato de curta duração

Franquias e produtos licenciados também têm suas vantagens e desvantagens

Como você pode perceber, independentemente do modelo escolhido, é preciso atenção às características desses dois formatos de negócio. Assim como todo investimento, franquias e produtos licenciados também têm suas vantagens e desvantagens.

Para você, enquanto empreendedor, é preciso muito estudo para entender qual o seu perfil de gestão e qual setor combina mais com sua disponibilidade.

Já para as redes, seja em franquia e licenciamento, é preciso manter um padrão rigoroso de expansão – isso porque o empreendedor que levar a sua marca vai ajudar a construir a imagem do seu negócio, positiva ou negativamente.

Dúvidas esclarecidas? Esperamos que sim!

Caso ainda tenha alguma escondida por aí em seus pensamentos, mande para a gente aqui nos comentários!

E não deixe de nos seguir nas redes sociais!

Caso ainda tenha dúvidas, entre em contato!

Se precisar de dicas e ajuda para tirar seu sonho do papel, entre em contato conosco. Estamos sempre prontos a te auxiliar.

Quer saber mais?

Regularizar empresa: como detectar uma empresa em situação irregular

Abrir CNPJ de Forma rápida

Baixe seu E-book: Preparação para uma Gestão Espetacular: https://materiais.previsa.com.br/ebook-guia-do-sucesso-para-abertura-de-empresas

Imagem_book_guia_do_sucesso_na_abertura_de_empresas_placeit

Se tiver alguma dúvida, deixe aqui o seu comentário ou entre em contato conosco por meio do site: https://redelegalizar.com.br/contato/

Solicite um orçamento

Siga-nos também nas redes sociais e inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do universo da contabilidade.

Facebook: https://www.facebook.com/redelegalizar/
Instagram Previsa: https://www.instagram.com/redelegalizar/
Blog: https://redelegalizar.com.br/blog/

O que você achou desse post?
  • Ótimo (0)
  • Útil (0)
  • Poderia ter mais informações! (0)

3 thoughts on “Qual a melhor opção: Franchising/ Franquia ou licenciamento?

Deixe uma resposta