Como abrir franquia de sucesso

Investir em um negócio consolidado é uma ótima alternativa para quem deseja empreender. Esses são os principais motivos do crescimento contínuo ao abrir franquia de sucesso, tamanho o aquecimento do setor de franquias no Brasil e fora dele também.

Além disso, franquias são consideradas opções mais seguras para empreendedores menos experientes.

Quem planeja abrir um negócio nesse modelo conta com a expertise do franqueador, um plano de negócios estruturado e um planejamento mais assertivo. E possuem várias opções de marcas consolidadas e nos mais diferentes ramos de atividades.

Mas, a pergunta que não quer calar: vale a pena investir em franquias?

O cenário econômico instável do Brasil tem uma qualidade, nos faz avaliar opções de incrementar o lucro e diminuir as despesas, e muitos indivíduos buscam essa solução por meio do empreendedorismo.

O GEM (Global Entrepreneurship Monitor) aponta que 40% dos indivíduos em idade adulta já iniciaram ou tem um negócio próprio e 25% do total de adultos pretendem abrir um negócio próprio nos próximos três anos.

Mas, abrir um negócio não é tarefa fácil, como encontrar a oportunidade mais alinhada com seus interesses, com retorno seguro e no momento oportuno? Um dos caminhos a seguir pode ser buscar um modelo de negócio consolidado no setor de franquia.

Segundo estudo da ABF (Associação Brasileira de Franchising) o setor de franquias apresentou um crescimento nominal de 8.4% no primeiro trimestre de 2018, e dentro dos segmentos em destaque estão: alimentação, entretenimento e lazer, turismo e hotelaria, casa e construção, comunicação e informática e eletrônicos.

Como todo investimento, o investimento em franquia pode valer a pena, mas depende essencialmente do conhecimento do investidor do mercado e da competência essencial do negócio que escolheu seguir.

Qual o benefício de investir em franquias?

Precisamos sempre lembrar que como todo investimento a possibilidade de atingir benefícios está diretamente ligada ao alinhamento do propósito do investidor às suas competências estratégicas e táticas para liderar o negócio, sendo necessário um profundo conhecimento do negócio e do mercado.

  1. Modelo de negócio consolidado

Você já pensou em todo o investimento e esforço que estão concentrados na busca por um novo modelo de negócio? Desde a avaliação da demanda pelo produto ou serviço, infraestrutura, pessoas, ponto, publicidade, a lista é bastante extensa e o risco pode ser muito alto para os investidores que estão começando.

Ainda assim investidores com maior capital também avaliam a solidez do negócio de acordo com os riscos que estão dispostos a assumir, muitas vezes optando por negócios já consolidados.

  1. Suporte do franqueador

Buscar uma oportunidade de mercado para investir é um desafio que requer experiência tanto de mercado como na competência essencial do negócio.  O perfil do investidor nesse caso deve buscar sempre complementar suas fortalezas e neste mercado o franqueador pode assumir esta posição, fornecendo apoio nas duas competências.

  1. Investimento flexível

O valor e os modelos de negócio podem variar de franquia para franquia o que possibilita ao investidor ter um amplo leque de possibilidades de acordo com seu valor de investimento e fluxo de caixa esperado.

Bacana, certo?!

Mas, quanto, em média, é gasto para abrir uma franquia?

Para ganhar dinheiro você tem que gastar dinheiro!

Antes de aderir ao sistema de franquias, analise o quanto você dispõe para investir.

Isso porque, os especialistas aconselham que você tenha em caixa três vezes o valor necessário para o custo inicial de abertura da franquia e se lembre que além da taxa de franquia, você terá que pagar mensalmente a taxa de royalties, a de publicidade fora os custos para a manutenção do negócio, como aluguel, salários e impostos que devem estar incluídos em seu orçamento.

Converse com outros Franqueados: é imprescindível você ter conhecimento de outras pessoas que já passaram pelo que você irá passar para que possa fazer uma escolha consciente. Os riscos de um novo negócio sempre existirão, mas se você estiver de olho nas tendências atuais, certamente estará mais perto do sucesso!

Conversar com outros franqueados pode ser, realmente, um ponta pé inicial.

Mas, o que mais pode ser feito?

  1. Pesquise as franquias

Sabemos… Repetitivo isso, né?! Mas, é que, realmente, a pesquisa é a chave do seu sucesso.

Então, antes de assumir uma franquia, você deve fazer uma análise do negócio. Não basta escolher a mais lucrativa. É preciso avaliar a compatibilidade da atividade com o seu perfil empreendedor.

Algumas franquias podem estar acima da sua capacidade de atendimento. Outras podem exigir habilitações ou tempo de dedicação exclusivo que simplesmente não combinam com a sua realidade.

Elabore critérios de análise como afinidade, reconhecimento da marca, orçamento e outros que considerar essenciais. Depois de definir isso, submeta cada franquia a eles e aprofunde a sua pesquisa com aquelas que forem mais bem avaliadas.

  1. Planeje os investimentos

É preciso ter capital suficiente para iniciar e para manter a operação até que ela se torne rentável. O risco de gastar mais do que havia sido planejado é uma possibilidade em qualquer empreendimento. Por isso é importante ter cuidado para administrar seu negócio sem prejudicar a saúde financeira da franquia.

  1. Faça análise de lucratividade

Não basta conhecer o capital inicial total previsto pela franqueadora. É necessário saber quais são as opções de rentabilidade e por que investir em uma franquia. Para isso é necessária uma análise de lucratividade comparada a outros investimentos disponíveis no mercado. Fique atento!

  1. Avalie a experiência do franqueador

O franqueado paga por um know-how: pelo conhecimento de um modelo e pelo direito de uso de uma marca reconhecida no mercado. Mas, para obter o sucesso já alcançado pelo franqueador, é preciso ter o seu apoio na forma de bons treinamentos, inovação tecnológica aplicada ao negócio e suporte operacional. Você pode medir isso conversando com os donos de outras unidades que já estão em operação.

  1. Verifique a saúde financeira da franquia

A franqueadora precisa garantir a viabilidade do seu plano de negócio com dados financeiros que comprovem a sua capacidade de atender as necessidades de gestão da rede.

Tudo certo? Então, você já está pronto!

Esperamos ter ajudado. Até a próxima!

Caso ainda tenha dúvidas sobre como abrir franquia de sucesso, entre em contato!

Se precisar de dicas e ajuda para tirar seu sonho do papel, entre em contato conosco. Estamos sempre prontos a te auxiliar.

Regularizar empresa: como detectar uma empresa em situação irregular

Abrir CNPJ de Forma rápida

Baixe seu E-book: Preparação para uma Gestão Espetacular: https://materiais.previsa.com.br/ebook-guia-do-sucesso-para-abertura-de-empresas

Imagem_book_guia_do_sucesso_na_abertura_de_empresas_placeit

Se tiver alguma dúvida, deixe aqui o seu comentário ou entre em contato conosco por meio do site: https://redelegalizar.com.br/contato/

Solicite um orçamento

Siga-nos também nas redes sociais e inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do universo da contabilidade.

Facebook: https://www.facebook.com/redelegalizar/
Instagram Previsa: https://www.instagram.com/redelegalizar/
Blog: https://redelegalizar.com.br/blog/

 

O que você achou desse post?
  • Ótimo (0)
  • Útil (0)
  • Poderia ter mais informações! (0)

Deixe uma resposta