As atribuições do despachante imobiliário

Vamos fazer uma analogia sobre despachante imobiliário. Pense na última vez em que precisou ir a um lugar em que não estava acostumado. Foi estranho, não é mesmo?! Tudo bem! Ao chegar a um lugar desconhecido, é normal ficarmos um pouco desorientados sem saber como achar o destino que precisamos.

Agora, pense em como chega a ser prazeroso quando encontramos alguém que nos indica a direção correta! Pois bem… De modo similar, o despachante imobiliário é a ajuda que precisamos para nos orientar na compra de um imóvel.

Mas, o que faz esse profissional? Como os seus serviços podem facilitar a vida das pessoas que desejam adquirir uma residência? Acompanhe nosso artigo que lhe explicaremos tudo sobre esse assunto. Vamos lá!

Como é o trabalho de um despachante imobiliário? 

Os serviços prestados por esse profissional são regulamentados pela lei federal n0 10.602/2002. No entanto, o Projeto de Lei do Senado (PLS) 292/2014, acrescentou novos dispositivos a essa lei federal que detalham as atividades desse tipo de trabalhador.

De acordo com o texto do PLS, o despachante imobiliário exerce uma variedade de atos e procedimentos legais, que são fundamentais para a mediação e representação perante os órgãos da administração pública federal, estadual, municipal e do Distrito Federal.

Além disso, ele também se relaciona com entidades que exercem funções ou atribuições que substituem ou complementam o seu trabalho. Podendo por meio de contrato, concessão, permissão, autorização ou convênio representar esses órgãos.

Em resumo, esse profissional desenvolve um trabalho muito importante para o exercício da cidadania. Visto que, entre outras coisas, representa e media a entrega de documentações necessárias para a legalização de propriedades.

Quais são as atribuições de um despachante imobiliário? 

Então, vamos nos aprofundar ainda mais nos serviços do despachante imobiliário e descobrir como eles beneficiam os que desejam comprar um imóvel. Até mesmo porque, foi o título desse artigo que te trouxe até aqui, não é mesmo?

Orientação na Parte Burocrática

Essa etapa é uma das mais delicadas e estressantes do processo de aquisição de uma propriedade. Afinal, vivemos em um país em que os trâmites documentais são complexos, muito burocráticos e nada práticos.

Devido a isso, não é difícil encontrar pessoas frustradas com a exaustiva tarefa de peregrinar por várias repartições públicas e cartórios. Eles buscam soluções que resolvam a legalização de uma moradia, mas não conseguem.

Pelo contrário, parece que a cada exigência cumprida, surgem tantas outras que desafiam o conhecimento e a paciência do interessado. E pior, mesmo depois de meses nessa jornada, o comprador do imóvel talvez não resolva muita coisa, e por fim, tende a desistir da legalização.

Esse cenário muda quando um assessor documental é contratado. Pois ele está habituado com as requisições dos cartórios e de outras repartições. Dessa forma, esse profissional sabe como percorrer o “caminho” da regularização de uma propriedade de maneira rápida e segura.

Entre as tarefas que ele realiza, estão

  • retirar, analisar e preparar certidões e contratos;
  • recolher assinaturas;
  • fazer o reconhecimento de firmas;
  • realizar o registro do imóvel;
  • apresentar os custos com a legalização;
  • regularizar créditos e débitos;
  • organizar arquivos de dados;
  • acompanhar as datas de vencimento de documentos;
  • realizar alterações, inscrições e dar baixa em registros e cadastros.

Auxílio ao advogado e o corretor

Outro aspecto que faz parte da função do despachante imobiliário é coadjuvar com os serviços do corretor de imóveis e do advogado. isso significa que o profissional de corretagem de imóveis tem a tarefa de promover uma negociação de compra e venda de uma moradia.

Após o fechamento do negócio, é comum vermos os corretores de imóveis tentando resolver problemas de documentação que não cabem dentro de seus conhecimentos profissionais.

O resultado disso é uma série de pendências no processo de legalização que nem o corretor, e muito menos o comprador, sabem resolver. Porém, a situação muda quando entra em “jogo” o despachante imobiliário.

Por outro lado, o comprador pode contratar um advogado para resolver, por exemplo, um aspecto do contrato de venda de um imóvel que não foi cumprido pelo ex-proprietário.

Embora o advogado tenha a responsabilidade de montar e acompanhar esse processo judicial, o comprador precisa entregar as documentações atualizadas e necessárias para o prosseguimento dessa ação.

É nesse ponto que o despachante imobiliário vai cooperar com as funções do advogado. Desse modo, o interessado apresentará a documentação correta evitando pendências que dificultem o bom andamento do processo.

Ajuda na hora do financiamento

Uma pesquisa feita pela associação de consumidores Proteste indicou que as condições atuais da economia brasileira favorecem a aquisição de crédito imobiliário.

Por isso, muitos que desejam comprar um imóvel recorrem a essa fonte de financiamento, mas “esbarram” em dúvidas sobre como fazer e que tipo de crédito devem contratar.

Caso ainda tenha dúvidas, entre em contato!

Se precisar de dicas e ajuda para tirar seu sonho do papel, entre em contato conosco. Estamos sempre prontos a te auxiliar.

Quer saber mais?

Regularizar empresa: como detectar uma empresa em situação irregular

Abrir CNPJ de Forma rápida

Baixe seu E-book: Preparação para uma Gestão Espetacular: https://materiais.previsa.com.br/ebook-guia-do-sucesso-para-abertura-de-empresas

Imagem_book_guia_do_sucesso_na_abertura_de_empresas_placeit

Se tiver alguma dúvida, deixe aqui o seu comentário ou entre em contato conosco por meio do site: https://redelegalizar.com.br/contato/

Solicite um orçamento

Siga-nos também nas redes sociais e inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do universo da contabilidade.

Facebook: https://www.facebook.com/redelegalizar/
Instagram Previsa: https://www.instagram.com/redelegalizar/
Blog: https://redelegalizar.com.br/blog/

O que você achou desse post?
  • Ótimo (0)
  • Útil (0)
  • Poderia ter mais informações! (0)

Deixe uma resposta